O maior problema do M$-Windows não é apenas sua predominância quase absoluta nos microcomputadores domésticos, mas sim o sistema de instalação de programas que é automatizado e baseado em executáveis, bastando apenas “clicar” em um arquivo ou em uma linha ou atalho de endereço para que um programa ou vírus seja instalado. A grande vantagem do Linux está justamente no modo ou processo de instalação de pacotes (no mundo do pinguim os programas ou softwares se chamam pacotes ou packages), que não são instalados automaticamente, dependo exclusivamente da intervenção do usuário ou de repositórios nos quais os pacotes só entram após verificados e assinados digitalmente. Leia mais…

Categoria: Notícias