Essa foi a maior idiotice que já li na minha vida profissional. Sempre digo e repito: o efeito de um fármaco depende unicamente de seu mecanismo de ação e não da vontade do médico, do farmacêutico, do fabricante, do pai-de-santo… Não existe milagre me farmacologia. Um fármaco prescrito por um médico ou por um pai-de-santo fará, obrigatoriamente, o mesmo efeito no usuário e portanto, a automedicação não fará nada, além do que uma prescrição médica possa fazer. Vejam o exemplo do Michel Jackson, cujo médico particular é o principal suspeito de ser o responsável pela sua morte, pois lhe prescrevia os fármacos que o cantor lhe pagava para prescrever, sustentando-lhe a dependência química. Ao que parece, o tal especialista que escreveu este “artigo”, matou todas as aulas de farmacolgoia. Leia mais esta besteira aqui

[Voltar]

Categoria: Notícias