E a palhaçada continua…

Durante os últimos dois anos praticamente não se falou nada sobre casos graves ou morte de crianças pelo SARS-COV2 e nas últimas semanas virou um verdadeiro pandemônio. O que mudou?

No começo dessa pandemia de vírus requentado pela China os pesquisadores atestaram, categoricamente, que crianças apresentavam baixíssimo risco de desenvolver quadros graves da praga chinesa, mas agora os fabricantes de vacinas dizem que as crianças estão morrendo em massa. Quem está mentido?

Os fatos e as mentiras demonstram que já não estamos mais com um problema sanitário, mas de insanidade mental.

Concordo com o(s) editor(es) de O Patriota: os fabricantes ainda não arrancaram todo dinheiro que queriam dos trouxas que pagam impostos e sustentam este país. Leia aqui

[Voltar]

Hits: 27