Óvulos e espermatozóides apresentam nítidas diferenças. Enquanto o “óvulo” (ovócito II) é grande, esférico e estático, só movimentando-se através do batimento dos cílios tubários, os espermatozóides são pequenos, móveis, alongados e flagelados (monotríqueos).

ovulo_espermatozoide

Além das diferenças morfológicas vistas acima e descritas no item 2, existem ainda diferenças na carga cromossômica. Os “óvulos” (ovócitos II) apresentam 22 autossomos e um cromossomo X sexual, enquanto os espermatozóides podem apresentar ou 22 autossomos e um X sexual, ou 22 autossomos e um Y sexual. A união de um espermatozóide 22AX com um ovócito dará um indivíduo do sexo feminino, enquanto a união de um espermatozóide 22AY com um ovócito dará um indivíduo do sexo masculino. Esse fenômeno evidencia o fato de que é o espermatozóide quem determina o sexo na espécie humana (4:13; 3:46 e 5).

[Voltar]

Categoria: Notícias